skip to Main Content
3 Razões Que Fazem Um Empreendedor Falhar

Desde que criei este blog tenho convivido de perto com a realidade de muitos empreendedores e percebido que eles enfrentam os mesmos problemas que enfrentei quando comecei a empreender aos 14 anos de idade. Apesar de sempre saber que o meu talento era empreender, meus pais e meus amigos, viam nesta minha postura um risco muito grande para a minha saúde social e financeira, me recomendando sempre ir em busca de algo mais estável como um emprego em uma grande empresa ou um cargo em um órgão público. Sofrendo essa pressão social, a cada nova falha das minhas “ideias empreendedoras” eu voltava para casa com uma sensação de derrota tão grande que me fazia ir em busca de um emprego. Afinal, essa minha “atitude” estava causando problemas para mim e para aqueles que eu amava.

O que me fez falhar

Hoje consigo perceber o que me faltava naquela época, mas antes não entendia o que estava acontecendo. Apesar do meu pai se sentir mal tendo que ir trabalhar todos os dias em uma empresa onde a maioria das decisões tomadas não eram as melhores e me recomendar a leitura de livros como Virando a Própria Mesa do Ricardo Semler, ele também me orientava para que buscasse “estabilidade” em um emprego. Isso me confundia, decepcionava e estrangulava os meus sonhos.

Olhando para trás, vejo os benefícios de ter percorrido essa jornada de indecisão, onde oscilava entre um emprego e ser dono do meu próprio nariz à frente de um negócio próprio. A cada saída de emprego e ida para um negócio próprio me sentia desafiando a própria morte, ao passo que a cada falência de um negócio e ida para um emprego, me sentia abaixando a cabeça para a natureza que não perdoa quem constrói mal as suas bases.

Construir-se emocionalmente é algo necessário, que aprendi tem pouco tempo e que percebo ser o motivo das falhas de muitos empreendedores. Não estamos totalmente motivados para empreender, não encontramos apoio naqueles que nos cercam e tampouco recebemos conselhos e educação de pessoas que entendem a nossa realidade. Fracassar então é uma consequência natural dos fatos.

Motivação, networking e educação: bases do sucesso empreendedor

Para quem é empregado e deseja empreender ou para quem é empreendedor iniciante e ainda falha constantemente na criação dos seus negócios, construir esses três alicerces é fundamental. A motivação é necessária porque quando você precisa realizar um esforço muito grande para implementar a sua ideia de negócio ou levantar a sua empresa, você precisa saber os motivos que o estão fazendo agir. Sem esses motivos, fica difícil manter o controle do “carro” e fatalmente ele capota na próxima curva. Do mesmo modo, ter uma boa rede de relacionamentos com empreendedores e pessoas que passam ou passaram pelo mesmo problema que você, é fundamental, pois quando as coisas não derem muito certo no seu negócio (o que é natural), você não poderá recorrer ao apoio daquelas pessoas que possuem a mentalidade de “empregado” devendo se apoiar somente naqueles que buscam a mesma liberdade financeira que você através do empreendedorismo. Por último, quando procuramos educação sobre empreendedorismo, encontramos muitas fórmulas e casos de estudo de empresas já estabelecidas que nos fazem sonhar ao invés de fazer. O empreendedor que almeja ter sucesso neste caso, deve então procurar a opinião e educar-se com pessoas que entendem a sua realidade de micro ou pequeno empresário ao invés de tentar estabelecer uma relação entre as estratégias de marketing e gestão de pessoas da Coca-Cola e a sua micro empresa.

Quando comecei a empreender, comecei a fazê-lo pelos motivos errados. Queria mais dinheiro, me livrar do meu chefe e não ouvir mais ordens de ninguém. Não pensava, como hoje penso, em trabalhar somente com coisas que estejam alinhadas com os meus talentos e com o meu propósito de vida. Eu simplesmente ia “fazer dinheiro” e conforme o tempo passava, eu me transformava no meu próprio chefe, duro, incoerente e sem propósito.

Abaixo compartilho com você um vídeo onde conto um pouco mais sobre o que falei acima e apresento o curso Transforme o seu Talento em Negócio onde ensino através de mais de 6 horas de vídeo, tudo sobre dizer não, talentos e propósito de vida, além de estratégias de geração de ideias, validação de negócios e marketing para apoiar os alunos do curso a faturarem R$ 2.000,00 a partir das suas ideias geradas pela definição dos seus talentos e do seu propósito de vida.

Se você já sentiu um dos aspectos que citei acima influenciando a sua vida de empreendedor, compartilhe abaixo como isso o influenciou e como você deu volta por cima.

E lembre-se:

Qualquer tipo de luta é sempre contra si mesmo
.

Marcos Rezende

Faixa roxa de jiu-jitsu brasileiro pela equipe Atos Loyalty Curitiba, vestibulando de filosofia da UFPR e aprendiz de investidor em parceria com o GuiaInvest que desde 2008 conduz este projeto com a missão de motivar e apoiar pessoas a superar seus medos e suas crenças para se tornarem elas mesmas.

Back To Top
Close search
Buscar