Autor: Artigo Patrocinado

7 segredos de fluentes na língua inglesa

Quem não quer aprender inglês hoje em dia?

É só olharmos em volta que vemos o inglês estampado em algum lugar.

O inglês em produtos nos mercados, na tela dos cinemas, nas rádios e, desde que a internet chegou, em praticamente tudo o que diz respeito ao cenário digital.

Aprender a língua inglesa, além de render um salario até 50% mais alto, ajuda a ampliar os horizontes e alargar o conhecimento, já que a maioria dos conteúdos globais (livros, multimídia, etc.) encontra-se, em maior número, na língua inglesa.

Hoje, quem quer aprender inglês pode recorrer não só às escolas de idiomas, mas à própria tecnologia, por meio de plataformas para praticar ingles via skype (preply) ou através dos aplicativos para smartphones, tablets e computadores, por exemplo, o que tornou o estudo do idioma muito mais produtivo, flexível, dinâmico e prático.

Mas, será que isso basta?

A resposta é: não.

Não adianta o aluno dispor de um oceano de possibilidades se não sabe organizar-se em seus estudos.

Pensando nisso, resolvemos conversar com alguns experts da língua inglesa e trouxemos 7 dicas especiais que vão ajudá-lo a aprender inglês com muito mais assertividade e alcançar a fluência de uma vez por todas.

1. Estudo diário

É fundamental estudar inglês todos os dias se você quer alcançar o sucesso na língua.

Vale lembrar que não adianta ficar 10 horas estudando uma língua, uma vez que leva tempo até que o cérebro absorva o conteúdo e a prática se torne um hábito.

Se você não tem tempo para estudar 1 hora, 30 minutos diários já farão uma grande diferença no aprendizado.

2. Foco na compreensão oral

Para aprender inglês é preciso exercitar 4 habilidades:

  • fala,
  • leitura,
  • compreensão oral e
  • capacidade de escrever.

Em geral, os estudantes focam apenas na fala, o que é um erro, já que o mais importante, inicialmente, é focar na compreensão.

3. Não foque em palavras isoladas

Tentar aprender uma lista imensa de palavras soltas não serve para nada.

O ideal é estudar frases completas, nas quais podem ser empregadas as palavras estudadas.

Dessa forma, você aprende novas palavras e, ao mesmo tempo, é capaz de memorizar estruturas gramaticais da língua.

4. Não exagere na gramática

Revisar a gramática é uma das coisas mais importantes no estudo de um novo idioma.

Ela não vai definir sua fluência no inglês, mas faz parte do processo de aprendizagem.

Porém, não se deve focar demais nela.

Ao invés disso, concentre-se na fala e coloque-a constantemente em prática.

5. Não dê um passo maior que as pernas

Tem gente que começa a estudar uma língua e fica horas tentando decorar listas e mais listas de vocabulários mais avançados, sem ter chegado ao nível de uma forma global.

Essa não é a melhor forma de aprender uma língua, já que torna tudo mais exaustivo e desequilibra todo o processo.

6. Vá com calma com a pronúncia

Calma!

Não precisa ficar neurótico com a pronúncia.

É necessário, sim, melhorar a forma como as palavras são pronunciadas, mas sem exageros.

Cada um fala inglês do seu jeito e, por mais que você saiba falar tão bem quanto os nativos, sua essência nativa estará sempre presente.

O foco na compreensão oral já melhora a fala, sem a necessidade da supervalorização da pronúncia.

7. Paciência é a chave

Aprender inglês ou qualquer outra língua leva tempo e dedicação, pois não se trata de decoreba e sim de algo que precisa ser digerido, pouco a pouco.

É preciso passar um período médio de até três anos, com estudos diários, para poder chegar perto ou alcançar a fluência.

Quanto mais você estudar, mais absorverá da língua, mas esse estudo deve ser gradativo, respeitando todos os processos, para que a língua consiga fixar-se em seu cérebro e o conteúdo seja de fato absorvido.

Este é um artigo patrocinado. Se quiser saber como publicar o seu conteúdo em nosso site, clique aqui e envie uma mensagem para nós. Os artigos patrocinados são uma das melhores formas de divulgar o seu produto ou serviço, mas fique à vontade para escolher outras formas de anunciar falando conosco.
apartamentos em barueri

5 dicas inteligentes para você investir em imóveis

Investir em imóveis não é novidade nenhuma.

Há anos esse tipo de investimento é o primeiro da lista quando se pensa em uma forma de ter um ganho extra com rendimento estável num investimento seguro.

Para fazer a coisa dar certo não é preciso ser nenhum expert, mas é necessário um certo empenho.

É importante ter um pouco de conhecimento administrativo, dedicação, racionalidade, uma certa malícia e jogo de cintura.

Por isso, neste texto vamos dar 5 dicas para você investir em imóveis de forma inteligente e eficaz!

1. Comece fazendo o certo

Investir em imóveis é bastante atraente, mas pode ser bem arriscado se você não souber fazer isso da maneira correta.

Comprar um imóvel é uma tarefa meticulosa e muitos pontos devem ser levados em conta antes de efetivar uma compra.

Hoje em dia o mercado tem centenas de opções de imobiliárias, incorporadoras e construtoras e muitas delas acumulam outras centenas de processos jurídicos e administrativos pelas mais diferentes razões.

A falta de informação é o caminho para que esse número de problemas só aumente.

Para evitar cair numa cilada, pesquise, investigue e certifique-se da seriedade, procedência e veracidade das empresas com as quais for negociar.

A internet hoje em dia é uma ótima parceira para esse tipo de pesquisa, já que facilita o acesso a informações de diferentes empresas, além de também pode ser o melhor caminho para encontrar o imóvel que você procura.

2. Invista em terrenos

Comprar um pedaço de terra pode, num primeiro momento, não parecer algo difícil ou complicado.

Mas, apesar de se tratar de um espaço aberto, comprar um lote não é tarefa simples.

O terreno, mesmo que vazio, não deixa de ter muitos detalhes que devem ser observados.

O cuidado na hora da escolha e compra vão refletir na lucratividade do local no futuro.

Quanto mais fácil o terreno for para que se trabalhe nele, mais valorizado será.

Lotes angulosos, irregulares e com solo inapropriado podem elevar os custos de preparo para construção e desvalorizar o espaço.

3. Fique atento à localização do seu imóvel

Seja qual for o tipo de imóvel que você pensa em investir é importante ficar atento à localização.

Lugares mais urbanizados são sempre os mais valorizados.

Embora seja fato que, muitos terrenos uma vez considerados em locais distantes e pouco interessantes podem vir a tornar-se ótimos investimentos.

Para encontrar esses “azarões” do mercado imobiliário você deve procurar bairros novos e em formação ou buscar saber de espaços onde terão futuros investimentos municipais.

Investir em terrenos mais distantes, porém em lugares com possibilidade de expansão pode ser uma boa alternativa.

Bairros novos ou distantes do centro podem ter imóveis mais baratos e, dependendo do seu projeto e intenção de investimento, pode ser a melhor opção quando o custo-benefício é colocado em questão.

4. Construa para alugar

Se tem um negócio no ramo imobiliário que é bastante lucrativo é a construção de imóveis para vender ou alugar.

No caso de venda, o valor gasto na construção é sempre bem inferior ao que será pago pelo comprador, portanto com lucro é garantido.

Já para quem prefere manter o imóvel como patrimônio para ganhar dinheiro, sabendo como fazer, pode ter uma renda extra muito interessante.

Habitação ainda é e continuará sendo por muito tempo produto em falta no mercado, por isso a procura por aluguéis ainda é bastante alta.

Além da formação de novas famílias que nem sempre podem logo de início investir num imóvel próprio, há outras vertentes que garantem a durabilidade da procura por locação: pessoas que saem de casa e querem morar sozinhas, estudantes e novos profissionais procurando local para morar, etc.

A grande sacada aqui é ter em mente a lei da oferta e procura, o custo-beneficio que seu imóvel irá proporcionar onde for construído para ser alugado.

De maneira geral o risco nesse tipo de investimento é baixo e você garante uma renda, além de dificilmente perder dinheiro com o imóvel que tende a valorizar com o tempo.

5. Compre na planta

Comprar um imóvel ainda na planta, assim como na compra de um terreno, significa dispor de um dinheiro para investir em um local do qual você não irá usufruir ou lucrar imediatamente.

Mesmo assim, este tipo de investimento aumentou muito nos últimos anos, isso porque o valor pago pode ser até 40% mais barato do que valerá quando estiver pronto.

Muitos investidores compram e logo revendem, outros esperam o imóvel valorizar ainda mais.

Um dos imóveis mais procurados nesse tipo de negócio são os apartamentos.

Para buscar um que seja do seu gosto e caiba no seu bolso você pode fazer uma pesquisa na sua região.

Quem procura apartamentos à venda em Barueri – SP, por exemplo, basta visitar um site de buscas como o Site Imóvel para encontrar apartamentos à venda em Barueri.

Outro ponto importante que deve ser observado antes de investir nesse tipo de negócio é que a grande procura por imóveis na planta fez com que o fator de risco aumentasse, já que muitas construtoras efetuam a venda e não conseguem cumprir prazos estipulados.

Informe-se nos órgãos competentes como, por exemplo, o PROCON para saber a situação da construtora, ter acesso a lista de inadimplentes ou número de reclamações.

Esse procedimento inclusive é recomendado para todo tipo de compra não somente para imóveis na planta.

Bons negócios!

Este é um artigo patrocinado. Se quiser saber como publicar o seu conteúdo em nosso site, clique aqui e envie uma mensagem para nós. Os artigos patrocinados são uma das melhores formas de divulgar o seu produto ou serviço, mas fique à vontade para escolher outras formas de anunciar falando conosco.

Que tal começar o ano novo deixando algumas manchas para trás?

Que tal começar o ano novo deixando algumas manchas para trás?

Tenho uma mancha que até hoje estou engasgada com ela e agora vou compartilhar minha angustia com você.

Certa vez, estava realizando algumas alterações neste blog e, como ainda não tenho lá esses conhecimentos todos em manusear o WordPress, acabei deixando-o fora do ar!

O desespero foi tão grande, mas tão grande, que mandei um e-mail para o Marcos Rezende com o seguinte título “Urgente! Urgente!”, pois sabia que receberia em seu celular, ficaria curioso com o título e, portanto, daria a atenção que eu tanto precisava, rs.

Imagina: tinha acabado de iniciar minhas atividades no Insistimento, toda empolgada para “mostrar serviço” e o serviço que mostro é esse? Parece piada.

Ele respondeu o e-mail somente assim “Mexendo…” e eu pensei “pronto, ele vai desfazer a parceria agora!”.

Passaram-se mais 5 minutos e ele responde novamente “Feito!” acrescido de “Cuidado ao mexer nesse arquivo functions.php (muito cuidado)” – engoli seco neste momento!

Essa história parece simples e alguém pode estar pensando “Ahh.. Tirar o blog do ar é besteira!”, mas, na verdade, não é!

Eu simplesmente tirei a empresa do ar, a deixei inacessível. É como se você trabalhasse em uma loja, se atrasasse e as portas ficassem fechadas quando vários clientes foram até ela querendo entrar, comprar, conhecer e, por não conseguirem, foram embora.

Pergunto: o que seu chefe/sócio ou sei lá quem teria feito com você?

Uma coisa que agonia qualquer empreendedor no início de carreira é o medo de errar, principalmente para quem não tem uma formação empreendedora na família ou na escola, mas uma coisa que ninguém pode tirar da gente é o aprendizado e a experiência que obtemos quando erramos.

Errar, assumir, corrigir e melhorar é um ciclo virtuoso! Os erros que você cometeu não devem ser carregados pelo presente até o futuro. Você só pode modificar o presente que terá impacto no futuro.

“O caminho está no para-brisa, não no retrovisor.” (Tweet Isso)

Afinal, você já viu alguém que dirige um carro na estrada ficar olhando mais para o retrovisor do que para o para-brisa? Eu também não!

Bom, como eu sempre quis continuar na parceria e aprender a cada dia, tratei de, temporariamente, não mexer mais no tal do “functions.php” e fui atrás de aprender e entender melhor para mexer nele com mais cuidado. Assim o fiz, passei a primeira e hoje em dia já estou bem mais esperta com o Functions. Até gosto dele, sabia?

Mesmo já tendo melhorado no manuseio do WordPress, até hoje eu estava dormindo engasgada por ter tirado o blog do ar. Mesmo que tenha sido por pouco tempo, mas eu simplesmente deixei o blog fora do ar!!! Ou seja, milhares de leitores ficaram sem acesso… Pois, para não errar de novo, primeiro deve-se reconhecer o erro, fazer o possível para corrigir e seguir em frente sabendo que só se errou antes porque se tinha menos conhecimento e experiência.

Pensando assim, e incentivando-os a fazerem também, decidi parar de se sentir culpada e gravei o vídeo abaixo pedindo desculpas para seguir em frente em paz, rs.

E aí Marcos? Desculpas aceitas? 🙂

Eu quero começar 2015 em branco de verdade! E você, tem alguma manchinha pra resolver com alguém? Faça seu vídeo!

#DEIXESUASMANCHASPRATRÁS
Um ano novo de verdade se começa em branco.

Este é um artigo patrocinado. Se quiser saber como publicar o seu conteúdo em nosso site, clique aqui e envie uma mensagem para nós. Os artigos patrocinados são uma das melhores formas de divulgar o seu produto ou serviço, mas fique à vontade para escolher outras formas de anunciar falando conosco.

Como facilitar a gestão da sua empresa com os Correios

Que tal uma ajudinha dos Correios para facilitar a gestão da sua empresa?

Muita gente não percebe, mas principalmente quem quer ter uma loja virtual, precisa estar muito bem alinhado com os Correios. Recentemente, quando lançamos nossa loja virtual, a Loja do Insistimento, e tivemos vários pedidos, percebemos a importância de estruturar com cuidado esta parte, pois é o momento mais importante do processo: entregar seus produtos aos seus clientes.

Você sabia que muita coisa interfere no valor e no prazo de envio da sua encomenda?

  • Peso
  • Tamanho da caixa (largura, comprimento e altura)
  • Endereço do remetente
  • Endereço do destinatário
  • A velocidade que você quer na entrega
  • Seguro de suas mercadorias (se sua encomenda for roubada quem arcará com o prejuízo?)
  • Aviso de recebimento para saber por onde sua encomenda está
  • Quantidade de produtos separados para o mesmo destinatário

Pensar em tudo isso e ao mesmo tempo gerir o seu negócio pode fazer com todo este processo e definições seja um gargalo no dia a dia da sua empresa e, no fim das contas, receber reclamações dos clientes e até mesmo diminuir suas vendas.

Para oferecer soluções para facilitar a gestão das micro e pequenas empresas, nesta semana os Correios lançou o Cartão Correios Fácil, uma iniciativa para simplificar a forma de contratação dos serviços oferecidos por eles para as empresas e você ficar bem mais tranquilo e ter mais tempo para gerir o negócio e aumentar suas vendas.

E por que essa iniciativa é boa?

Para quem tem negócios que necessitem dos Correios, como a loja virtual, esta parceria com os Correios fará com que você tenha bem mais facilidades no dia a dia e mais prazo para pagar, que pode ser com cartão ou boleto – o que facilita ainda mais.

Terá, também, preços reduzidos e acesso às tabelas diferenciadas para serviços como: Encomenda SEDEX Nacional e Internacional, Encomenda PAC, Telegrama Via Internet e Mala Direta, além de vários outros serviços que são superimportantes para sua empresa.

Portanto, se você tem uma empresa e faz entregas utilizando os Correios, recomendo fortemente que vá até uma agência dos Correios para saber mais e firme a parceria! Não há custos!

Confira o vídeo dos Correios para o lançamento desta parceria:

 

Agradecemos pelo interesse em colaborar com o Insistimento para uma audiência superior a 140 mil leitores por mês. Sucesso para os seus projetos! Se você tem um blog, um site, um produto ou um serviço que considera ser do interesse do nosso público, entre em contato para se tornar um colaborador também clicando aqui.

Este é um artigo patrocinado. Se quiser saber como publicar o seu conteúdo em nosso site, clique aqui e envie uma mensagem para nós. Os artigos patrocinados são uma das melhores formas de divulgar o seu produto ou serviço, mas fique à vontade para escolher outras formas de anunciar falando conosco.

Como criar um site profissional sozinho (grátis)

Era 1998 e eu caminhava pelas ruas do Centro do Rio de Janeiro à procura de um livro para aprender a “mexer” com internet.

Naquela época eu chegava em casa, jantava, tomava banho e esperava dar meia noite para conectar ao meu provedor de internet através de linha telefônica discada, já que após a meia noite o valor do pulso de telefone era mais barato que no horário normal.

Entrava no ICQ, Mirc e abria o Internet Explorer versão sei lá qual…

Era um tempo bacana onde você via as coisas acontecendo na sua frente como quem assiste a um marceneiro construindo uma mesa.

Existia todo um ritual.

Complicado, mas bacana.

Caneca com café na mesa, olhos grudados na tela e dedos correndo no teclado.

O livro, que geralmente me acompanhava nessas noites, era o Google de hoje e nele eu encontrava de tudo para dar o pontapé inicial na minha criação.

Aprendi HTML e fiquei fascinado quando coloquei minha primeira página na internet hospedada no Geocities.

Depois aprendi a conectar com banco de dados, misturando HTML com ASP, PHP e outras linguagens.

Siglas e mais siglas rodeavam a minha cabeça e a de outros felizes (ou infelizes?) nerds que passaram em pouco tempo a serem endeusados pelo mercado e terem suas cabeças leiloadas a peso de ouro por empresas de todos os ramos.

Época boa. Época nostálgica. Época onde as coisas eram bem mais complicadas.

“Trocava toda minha tecnologia por uma tarde com Sócrates.” ~ Steve Jobs

A revolução chegou

Hoje em dia não é mais assim.

Telefones fixos e listas telefônicas deram lugar a smartphones e mecanismos de pesquisa.

Hoje, quase vinte anos depois, não se pergunta mais quem sabe, mas como se faz.

Não é preciso mais ser nerd e entender de siglas para criar uma página no Facebook ou uma conta no Skype.

Da mesma forma que não é preciso ser muito astuto em informática para configurar o notebook do jeito que se quer ou fazer uma Hangout com seus amigos na internet.

Hoje em dia tem tanta tecnologia disponível que tarefas antes bastante complicadas como criar um website agora são realizadas em pouco tempo, com alguns cliques na tela, sozinho, de graça ou pagando uma quantidade irrisória de dinheiro para isso.

“A necessidade é a mãe da inovação.” ~ Platão

criar-um-site

Como criar um site profissional sozinho e grátis?

Quem me acompanha há mais tempo sabe da minha paixão por WordPress, uma das plataformas de gerenciamento de conteúdo mais usadas em todo o mundo e também a mais completa.

Mas na hora de você criar o seu site profissional ou site da sua empresa, você não quer, evidentemente, ter que aprender a lidar com mais uma nova sigla, certo?

Até pouco tempo atrás eu achava que no futuro todo empreendedor saberia mexer com WordPress, mas atualmente eu já vi tanta ferramenta boa (e gratuita) na internet para facilitar a vida de quem empreende que essa minha tese caiu por terra.

Quando você fala que quer criar um site, é porque provavelmente você precisa vender mais e, se você precisa vender mais, não pode se dar ao luxo de esperar muito tempo para ter mais um canal de contato com os seus clientes prontos.

Foi aí que me encantei com a ferramenta Wix, aplicativo online que permite que se crie um site a partir do zero com poucos cliques em alguns minutos.

E não estou falando daquele site de fundo azul com letras amarelas garrafais normalmente criados pelos sobrinhos do amigo do seu tio não! Estou falando de site profissional, com um design de cair o queixo.

“O maior inimigo da criatividade é o bom senso” ~ Pablo Picasso

Um caso real

Tive a ideia de escrever este artigo, quando minha esposa me perguntou se demorava muito para eu construir um site para o seu trabalho como terapeuta e coach.

Como ela sabe que eu tenho conhecimentos suficientes para montar um site, me convidou para tocar o seu projeto.

Somando as horas que preciso dedicar para minhas empresas, não sobra muito tempo para me dedicar a um projeto fora desse âmbito, principalmente sendo para alguém tão próximo onde os requisitos de qualidade são altíssimos.

Afinal, quem gostaria de brigar com a própria mulher por causa de um site, não é mesmo?

Foi neste momento que eu fui tirar a prova do Wix e convidei a minha mulher para testar a ferramenta que basicamente a conduziu dentro de um sitema que:

  • A fez logar no Wix com o seu Facebook
  • Escolher o tema do seu novo site
  • Editar o tema
  • Colocar o site no ar

Não vou compartilhar o link do site dela por enquanto por aqui porque minha esposa é bastante perfeccionista e eu correria o risco de ter problemas em casa, mas a sensação de vê-la construir o seu próprio site por si só, me fez retornar a época de 1998 onde nada disso cabia dentro do que seria possível.

A ferramenta ainda permite que você assine um plano premium (bem barato) para você utilizar alguns recursos extras, mas já com o básico qualquer um consegue criar um site profissional sozinho em poucos minutos.

Eu sempre buscarei trazer dicas na área de tecnologia para você que acompanha o site.

Logo, se quiser opinar, faça um comentário na caixa logo abaixo ou se quiser receber as atualizações do blog, assine nossa newsletter gratuitamente.

“Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira que eu conheço para evitar a armadilha de pensar que temos algo a perder.” ~ Steve Jobs

Agora é colocar as mãos na obra, criar o seu próprio site de forma profissional com nenhum ou quase nenhum recurso e trabalhar naquilo que você é bom: o seu negócio.

 

Agradecemos pelo interesse em colaborar com o Insistimento para uma audiência superior a 140 mil leitores por mês. Sucesso para os seus projetos! Se você tem um blog, um site, um produto ou um serviço que considera ser do interesse do nosso público, entre em contato para se tornar um colaborador também clicando aqui.

Este é um artigo patrocinado. Se quiser saber como publicar o seu conteúdo em nosso site, clique aqui e envie uma mensagem para nós. Os artigos patrocinados são uma das melhores formas de divulgar o seu produto ou serviço, mas fique à vontade para escolher outras formas de anunciar falando conosco.

Como bater metas sem perder a equipe em 4 passos

Todos os caminhos levam a Roma, porém, sempre haverá um caminho menos tortuoso que nos levará até lá.

O maior desafio de quem é dono do próprio negócio talvez seja convencer pessoas que recebem uma receita mensal fixa a se comprometer com as metas de quem recebe uma receita variável.

Só desta forma o “salário” do empresário estará garantido.

Se você se encontra na situação de líder de uma equipe e de uma empresa, provavelmente sabe do que eu estou falando.

Por isso, compartilho com você algumas lições que aprendi ao longo da minha caminhada, e com o blog do Runrun.it, que são providenciais para quem almeja tirar da inércia seus funcionários.

Comunique os objetivos para todos

A primeira tarefa de um líder de equipe e talvez a mais importante delas, é comunicar para todos da empresa quais são os objetivos da mesma.

Todos os membros da empresa precisam compreender os objetivos que tem pela frente.

É esta compreensão que vai lhe permitir, como líder, compreender se cada um dos membros se sente confortável em trabalhar para atingir os objetivos que estabeleceu.

Afinal, se seus funcionários não sabem dos seus objetivos como você irá cobrá-los das suas metas.

Para fazê-los jogar no mesmo time que você, é preciso antes de mais nada, informá-los onde é o gol e para onde eles precisam chutar a bola.

Torne os objetivos mais palpáveis

Fortaleça a visão dos seus funcionários sobre os seus objetivos oferecendo-lhes uma compreensão palpável sobre os mesmos.

Embase as definições de cada um dos objetivos com:

  • Histórico do mercado;
  • O real problema que se está lidando;
  • Informações sobre o público alvo;
  • Números de riscos do mercado;
  • Prazos e custos;

Utilize todo e qualquer material de apoio que possa tornar mais visíveis os objetivos da empresa.

Fortaleça a sua comunicação com a equipe

Preocupe-se (em excesso) com a comunicação com a sua equipe.

Lembre-se que geralmente não é da primeira vez que a mensagem é dita que ela é entendida pelos seus funcionários.

A mensagem precisa ser repetida diversas vezes para ser realmente entendida.

Portanto:

  • Convide a equipe para um bate-papo uma vez por mês, explicando onde a empresa está e aonde ela quer chegar;
  • Deixe a porta aberta para que os colaboradores possam sugerir mudanças no ambiente e nas políticas da empresa;
  • Comunique as novidades da empresa, eventos e até mesmo o calendário de aniversários por e-mail ou num mural, antes que a rotina estrague essas importantes e pequenas comemorações do dia-a-dia;
  • Converse com todos para ter certeza de que cada um conhece a diferença que seu trabalho faz. Sem isso, não há transparência alguma que resolva;
  • Esteja sempre próximo de seus funcionários sem usar tons de superioridade.

Priorize e verifique tudo o que está sendo feito

Para um controle de tarefas e prioridades, você pode usar ferramentas que te ajudam a automatizar certas atividades cotidianas.

Dessa maneira, pode privilegiar a transparência na comunicação com sua equipe e focar nos pontos principais para que tudo aconteça como você planejou.

Um bom exemplo de ferramenta é o Runrun.it, primeiro software brasileiro criado para gerenciar projetos a partir de uma pilha de tarefas!

Através dele, cada um sabe no que trabalhar primeiro, e você, o gestor, sabe em quanto tempo as tarefas serão entregues, dispensando e-mails e reuniões.

“Disciplina é a ponte entre metas e realizações.” ~ Jim Rohn (Tweet Isso)

Este é um artigo patrocinado. Se quiser saber como publicar o seu conteúdo em nosso site, clique aqui e envie uma mensagem para nós. Os artigos patrocinados são uma das melhores formas de divulgar o seu produto ou serviço, mas fique à vontade para escolher outras formas de anunciar falando conosco.

Conheça um smartphone que irá aumentar sua produtividade

Smartphones são ferramentas essenciais no mundo moderno, não importa a sua área de trabalho. Muito mais do que simples “telefones”, eles se transformaram em centrais de comunicação, tão ou mais importantes do que um computador pessoal. O aparelho certo pode ajudá-lo a ser mais produtivo, descomplicando o seu dia-a-dia e liberando tempo para o que realmente importa.

Z5white01

Foi pensando nestes pontos que a ASUS criou sua linha de smartphones, os Zenfone. São dois modelos, o Zenfone 5 é um smartphone com uma tela HD de 5″, câmera de 8 MP e design fino e leve: pesa 142 gramas, e nas bordas tem apenas 5,5 mm de espessura. Já seu irmão maior, o Zenfone 6, tem uma tela de 6″ com a mesma resolução, câmera de 13 MP e é um pouco mais pesado, 196 gramas. Ambos rodam a versão mais recente do sistema operacional Android, da Google, a 4.4 “KitKat”. Eles estarão disponíveis no Brasil em quatro opções de cor (branca, preta, vermelha e dourada), com capas coloridas adicionais vendidas separadamente.

ZenFone5 Family gold

Desempenho

Tudo começa com desempenho: tanto o Zenfone 5 quanto o Zenfone 6 tem tecnologia Intel Inside, e usam um processador Intel Atom Z2560 dual-core de 1,6GHz que garante excelente desempenho, mesmo rodando múltiplos apps simultâneamente ou, nas horas de lazer, os jogos mais exigentes. Além disso tem 2 GB de RAM, coisa que muitos concorrentes não têm e que faz muita diferença ao rodar vários aplicativos ao mesmo tempo. Também tem 8 GB de armazenamento interno, expansível com cartões microSD de até 64 GB para você nunca ficar sem espaço.

Zenfone_Desempenho

Mantenha-se conectado

Com um Zenfone nas mãos, você não mais sofrerá com falta de sinal. O aparelho conta com duas antenas com design exclusivo em um arranjo batizado de “Zentenna”, que o tornam até 3x mais eficiente na recepção de sinal em relação a aparelhos concorrentes.

Os Zenfone são smartphones WCDMA Quad-Band, ou seja, são compatíveis com todas as principais frequências de redes GSM e UTMS no mundo, o que garante a sua conexão de voz e dados em qualquer país. E falando em dados, o suporte à tecnologia DC-HSPA+ permite o download a velocidade de até 42 Mbps em redes compatíveis.

Zentenna

E não podemos nos esquecer de que estamos falando de smartphones Dual-SIM. Mesmo que você use apenas uma operadora no dia-a-dia em sua cidade, isso torna muito fácil adicionar um chip extra durante uma viagem, para pagar preços menores nas chamadas e acesso à internet.

Por fim, os Zenfone tem suporte a Wi-Fi (802.11 b/g/n), Bluetooth 4.0 e DLNA, para conexão fácil a redes domésticas e corporativas, a acessórios e compartilhamento de imagens, vídeos e músicas com TVs e outros dispositivos.

Uma interface exclusiva, e mais produtiva.

Os Zenfone trazem a exclusiva ZenUI, uma nova e exclusiva interface de usuário feita com a produtividade em mente. Com ícones e menus simplificados, layout sem bordas e temas distintos de cores ligados à cor do aparelho, é mais fácil, e agradável, acessar suas informações.

Zenfone_ZenUI

A interface também inclui recursos exclusivos, como os apps Do it Later, que permite transformar quase qualquer ação no smartphone, como responder a uma chamada ou a leitura de uma página web, em algo “para mais tarde”. Há também o What’s Next, um organizador pessoal que organiza informações como seus compromissos, lembretes, mensagems e até mesmo a previsão do tempo em uma “linha do tempo” de fácil visualização, para que você possa planejar melhor o restante de seu dia.

Além disso apps como o PC Link, que permite controlar o smartphone pelo PC, e o Remote Link, que transforma o smartphone em um controle remoto para músicas e apresentações, facilitam a integração entre seus vários aparelhos, evitando interrupções no dia a dia. Que tal responder a uma mensagem do What’s App sem tirar as mãos do teclado do notebook? Com o PC Link, isso é possível.

Muito fôlego

De nada adianta conectividade e desempenho se você ficar sem bateria no meio do caminho. Mas com o Zenfone 5 você não corre este risco: a bateria com capacidade de 2050 mAh tem autonomia estimada em até 18 horas de conversação, mais do que em aparelhos como o iPhone 5s (até 10 horas). E graças a uma poderosa bateria de 3250 mAh, um Zenfone 6 vai ainda mais longe: até 28 horas de conversação.

O Zenfone será lançado no Brasil no dia 15 de Outubro em São Paulo, e segundo a Asus estará disponível em diversos varejistas como Kalunga, Fast Shop e Fujioka, entre outros. Mas não para por aí: a própria Asus criou o seu e-commerce no Brasil e vai vendê-lo no endereço http://loja.asus.com.br/zenfone. O preço ainda será divulgado.

Este é um artigo patrocinado. Se quiser saber como publicar o seu conteúdo em nosso site, clique aqui e envie uma mensagem para nós. Os artigos patrocinados são uma das melhores formas de divulgar o seu produto ou serviço, mas fique à vontade para escolher outras formas de anunciar falando conosco.

“Time to Inspire”: a nova série da Herman Miller Brasil

Para proporcionar às pessoas momentos inspiradores, a Herman Miller Brasil lançou sua nova série de vídeos, intitulada “Time to Inspire”. São apresentados seis miniprogramas com profissionais que contam como foram longe por meio da excelência no trabalho, com base em design, inovação e sustentabilidade – os três conceitos pilares da empresa.

O diretor presidente da Alpagartas, Márcio Utsch, é um dos entrevistados. Em seu depoimento ele expõe os desafios de gerir uma empresa, a tendência do consumo cada vez mais consciente e o constante processo de inovação por meio do trabalho.

Assista:

Conheça outras histórias inspiradoras em: https://www.facebook.com/HermanMillerBrasil

Este é um artigo patrocinado. Se quiser saber como publicar o seu conteúdo em nosso site, clique aqui e envie uma mensagem para nós. Os artigos patrocinados são uma das melhores formas de divulgar o seu produto ou serviço, mas fique à vontade para escolher outras formas de anunciar falando conosco.

Desenvolvido em WordPress & Tema por DoutorWP