Categoria: Filosofia (Página 1 de 2)

Mochila Waldorf

O que a confecção de uma mochila waldorf me ensinou sobre fracasso

Há exatamente uma semana eu estava tendo a minha primeira experiência prática como pai de uma Escola Waldorf.

O dia não era dos melhores para a data, já que coincidia com a minha mudança de residência, mas preferi priorizar essa atividade na escola pela excitação de poder me jogar em algo que nunca havia realizado: a confecção de uma mochila para as crianças do primeiro ano.

Um processo que a maioria dos que estavam ali nunca havia passado e que deixou uma importante lição para a vida.

Foram 13 horas de trabalho com pouco ou quase nenhum intervalo onde cada pai e mãe ajudaram a cortar, montar, colar, furar, costurar e fazer o acabamento final das mochilas.

Todos os pais ajudavam a produzir as mochilas de todas as crianças, logo não tinha como escolher aquela que seria do seu filho ou do outro.

Ler mais

Praticante de jiu jitsu, apaixonado por filosofia, escritor, coach, palestrante e um impulsionador de pessoas. Desde 2008 mantém este projeto no ar para ajudar pessoas a superar seus medos e suas crenças e se tornarem elas mesmas. Saiba mais sobre Marcos Rezende.

Como está o seu relacionamento com Deus?

Você não acha que nós devíamos nos relacionar com as outras pessoas da mesma forma que os que acreditam em Deus se relacionam com Ele?

Porque quem acredita em Deus, ora, pede e agradece coisas a Ele.

Às vezes os pedidos são atendidos da maneira como o crente deseja, às vezes não.

Quando não são atendidos, dizem que foi a vontade de Deus.

Simples não?

Se nos comportamos assim em relação a Deus porque não podemos nos comportar da mesma maneira em relação ao outro que está do nosso lado?

Ler mais

Praticante de jiu jitsu, apaixonado por filosofia, escritor, coach, palestrante e um impulsionador de pessoas. Desde 2008 mantém este projeto no ar para ajudar pessoas a superar seus medos e suas crenças e se tornarem elas mesmas. Saiba mais sobre Marcos Rezende.

O sofrimento é um ponto de vista

Olha como a gente sofre à toa…

Tem dias que eu fico satisfeito porque está fazendo sol.

Dá pra lavar roupa com tranquilidade e ir na rua comprar algo pra dentro de casa.

Tem dias que eu fico chateado com o calor.

Mal dá pra ficar em casa e qualquer ida na rua faz a gente voltar com a roupa colando no corpo cheio de suor.

O mesmo acontece quando chove.

Quando preciso lavar roupa, fico chateado, mas quando quero ficar em casa vendo filme ou dormindo, não há nada melhor que uma chuvinha batendo na janela para relaxar.

Ler mais

Praticante de jiu jitsu, apaixonado por filosofia, escritor, coach, palestrante e um impulsionador de pessoas. Desde 2008 mantém este projeto no ar para ajudar pessoas a superar seus medos e suas crenças e se tornarem elas mesmas. Saiba mais sobre Marcos Rezende.

A origem de todos os nossos conflitos

Você já parou para perceber que somos nós que criamos nossos próprios problemas?

Apesar de estarmos vivos, alimentados e respirando, sempre passamos o dia com algum (ou alguns) problemas.

Imagine um cara, evangélico, criado na zona nobre de uma cidade qualquer do Brasil numa família de classe média alta que encontra um outro cara, budista, criado na periferia da cidade numa família de classe baixa.

Qual é o problema desse encontro?

Ler mais

Praticante de jiu jitsu, apaixonado por filosofia, escritor, coach, palestrante e um impulsionador de pessoas. Desde 2008 mantém este projeto no ar para ajudar pessoas a superar seus medos e suas crenças e se tornarem elas mesmas. Saiba mais sobre Marcos Rezende.

Encontre a sua zona de conforto

O mundo dos negócios está cheio de empresários de sucesso dizendo para sairmos da zona de conforto, mas você já reparou como eles vivem?

Eles sentem trabalham naquilo que gostam, desfrutam de seus carros e propriedades, viajam pelos quatro cantos do mundo e não se preocupam mais com dinheiro.

Eles vivem no conforto.

Mas, você sabe a diferença entre uma vida confortável e uma vida cômoda?

Ler mais

Praticante de jiu jitsu, apaixonado por filosofia, escritor, coach, palestrante e um impulsionador de pessoas. Desde 2008 mantém este projeto no ar para ajudar pessoas a superar seus medos e suas crenças e se tornarem elas mesmas. Saiba mais sobre Marcos Rezende.

Como diminuir as suas chances de cometer erros

Você já percebeu que depois de ter um aborrecimento parece que ficamos com um zumbido na cabeça?

Sim! Um zumbido!

Quando algo acontece conosco, principalmente quando envolve outras pessoas, parece que a nossa mente gera um milhão de alternativas para aquele aborrecimento além da realidade do que aconteceu.

Nós começamos a imaginar o que nós vamos falar ou fazer quando a pessoa falar ou fizer isto e aquilo.

Imaginamos também o que poderíamos ter dito ou feito quando a pessoa disse ou fez isto e aquilo e com isso ficamos com um zumbidásso na cabeça.

Ler mais

Praticante de jiu jitsu, apaixonado por filosofia, escritor, coach, palestrante e um impulsionador de pessoas. Desde 2008 mantém este projeto no ar para ajudar pessoas a superar seus medos e suas crenças e se tornarem elas mesmas. Saiba mais sobre Marcos Rezende.

Você já viveu dias em que a sua vida estava perfeita e estranhou?

Você sente falta de alguma coisa?

  • Você acorda num dia de sábado e percebe que não tem o edredom que você queria.
  • Percebe que não tem a televisão que você queria.
  • Não tem o chuveiro que você queria.
  • Sai para dar um passeio e percebe que não pode ir no lugar onde queria.
  • Percebe que não pode comprar aquilo que queria.
  • Não tem o carro que você queria.

Sim, nós vivemos em falta.

E pior, educamos nossas crianças para que se sintam em falta também.

Ler mais

Praticante de jiu jitsu, apaixonado por filosofia, escritor, coach, palestrante e um impulsionador de pessoas. Desde 2008 mantém este projeto no ar para ajudar pessoas a superar seus medos e suas crenças e se tornarem elas mesmas. Saiba mais sobre Marcos Rezende.

A lição de Chapecó

 

Sem ainda saber da notícia, publiquei hoje cedo pela manhã no meu Instagram a seguinte frase:

“Saudade é um abraço que você fica esperando voltar.”

Hoje, infelizmente, muitas pessoas, amigos e familiares das vítimas da tragédia com o time de futebol do Chapecoense, terão saudade de um abraço que não vai mais voltar.

Ler mais

Praticante de jiu jitsu, apaixonado por filosofia, escritor, coach, palestrante e um impulsionador de pessoas. Desde 2008 mantém este projeto no ar para ajudar pessoas a superar seus medos e suas crenças e se tornarem elas mesmas. Saiba mais sobre Marcos Rezende.

Bandido bom é bandido morto?

  • Você acredita que bandido bom é bandido morto?
  • Acredita que matar quem cometeu um crime melhoraria a sua vida?
  • Confia fielmente na ideia de que matar um criminoso resolveria os problemas da sociedade?

Já passava das onze horas da noite quando sua filha passando por uma rua escura é roubada, estuprada e morta por um homem preso algumas esquinas depois do local do crime.

A dor que você sente e que todos nós sentimos é terrível.

Dá vontade mesmo de matar.

(Se olharmos essa situação pelo nosso umbigo.)

Ler mais

Praticante de jiu jitsu, apaixonado por filosofia, escritor, coach, palestrante e um impulsionador de pessoas. Desde 2008 mantém este projeto no ar para ajudar pessoas a superar seus medos e suas crenças e se tornarem elas mesmas. Saiba mais sobre Marcos Rezende.

Cegos do olho do outro

Você já percebeu que nós julgamos a vida do outro através dos nossos valores?

Já percebeu que ficamos comparando as ações do outro com aquelas que nós achamos ser mais corretas?

Que não medimos esforços para criticar, ofender e culpar o outro só porque ele não tomou as decisões que esperávamos dele?

Noutro dia conheci a história de vida de um homem que saiu de casa aos 14 anos porque seu pai bebia e batia na sua mãe, nele e nos seus irmãos.

Ler mais

Praticante de jiu jitsu, apaixonado por filosofia, escritor, coach, palestrante e um impulsionador de pessoas. Desde 2008 mantém este projeto no ar para ajudar pessoas a superar seus medos e suas crenças e se tornarem elas mesmas. Saiba mais sobre Marcos Rezende.

Página 1 de 2

Desenvolvido em WordPress & Tema por DoutorWP