Categoria: Relacionamentos

Cinco formas de amar

Você alguma vez já reclamou daquele namorado ou marido que não ficava grudado em você o tempo todo, mas que ao mesmo tempo vivia trabalhando para manter as contas da casa em dia?

Você alguma vez já reclamou daquela namorada ou esposa que não fazia a comida que você gostava, mas que ao mesmo tempo adorava ficar pendurada no seu pescoço fazendo e pedindo carinho?

Então, deixa eu te contar uma coisa que me abriu os olhos recentemente:

Ler mais

Praticante de jiu jitsu, apaixonado por filosofia, escritor, coach, palestrante e um impulsionador de pessoas. Desde 2008 mantém este projeto no ar para ajudar pessoas a superar seus medos e suas crenças e se tornarem elas mesmas. Saiba mais sobre Marcos Rezende.

A vida não é um produto acabado

Você já experimentou a angústia de não ter controle algum sobre o que acontece na sua vida?

A gente sai na rua e tanta coisa pode acontecer com a gente sem que escolhamos que dá uma certa angústia continuar vivendo.

Porque, no final das contas, queremos estar sempre no controle, seja das coisas ruins como das coisas boas da vida.

  • Acidentes de trânsito podem acontecer
  • Uma chuva repentina pode cair.
  • Como podemos nos apaixonar de repente.

O nosso problema com o controle é que queremos considerar a nossa vida como um produto acabado, um livro, uma caixa, algo pronto.

Quando na realidade a vida não é um produto acabado.

Ler mais

Praticante de jiu jitsu, apaixonado por filosofia, escritor, coach, palestrante e um impulsionador de pessoas. Desde 2008 mantém este projeto no ar para ajudar pessoas a superar seus medos e suas crenças e se tornarem elas mesmas. Saiba mais sobre Marcos Rezende.

Homem não chora

ENGOLE O CHORO MULEQUE!

Homem não chora! Não se faça de vítima! Pára de reclamar!

Este é o tipo de violência que a maioria de nós, homens, criados em um sistema patriarcal e machista ouve desde pequeno tanto de homens como de mulheres.

Infelizmente os termos machismo e patriarcado são analisados muito pela perspectiva da mulher, quando deveria ser observado da perspectiva da sociedade como um todo com o propósito de analisar o mal que causa para ambos os sexos.

Vou explicar porquê.

Ler mais

Praticante de jiu jitsu, apaixonado por filosofia, escritor, coach, palestrante e um impulsionador de pessoas. Desde 2008 mantém este projeto no ar para ajudar pessoas a superar seus medos e suas crenças e se tornarem elas mesmas. Saiba mais sobre Marcos Rezende.

Desenvolvido em WordPress & Tema por DoutorWP