Como criar um site profissional sozinho (grátis)

Era 1998 e eu caminhava pelas ruas do Centro do Rio de Janeiro à procura de um livro para aprender a “mexer” com internet.

Naquela época eu chegava em casa, jantava, tomava banho e esperava dar meia noite para conectar ao meu provedor de internet através de linha telefônica discada, já que após a meia noite o valor do pulso de telefone era mais barato que no horário normal.

Entrava no ICQ, Mirc e abria o Internet Explorer versão sei lá qual…

Era um tempo bacana onde você via as coisas acontecendo na sua frente como quem assiste a um marceneiro construindo uma mesa.

Existia todo um ritual.

Complicado, mas bacana.

Caneca com café na mesa, olhos grudados na tela e dedos correndo no teclado.

O livro, que geralmente me acompanhava nessas noites, era o Google de hoje e nele eu encontrava de tudo para dar o pontapé inicial na minha criação.

Aprendi HTML e fiquei fascinado quando coloquei minha primeira página na internet hospedada no Geocities.

Depois aprendi a conectar com banco de dados, misturando HTML com ASP, PHP e outras linguagens.

Siglas e mais siglas rodeavam a minha cabeça e a de outros felizes (ou infelizes?) nerds que passaram em pouco tempo a serem endeusados pelo mercado e terem suas cabeças leiloadas a peso de ouro por empresas de todos os ramos.

Época boa. Época nostálgica. Época onde as coisas eram bem mais complicadas.

“Trocava toda minha tecnologia por uma tarde com Sócrates.” ~ Steve Jobs

A revolução chegou

Hoje em dia não é mais assim.

Telefones fixos e listas telefônicas deram lugar a smartphones e mecanismos de pesquisa.

Hoje, quase vinte anos depois, não se pergunta mais quem sabe, mas como se faz.

Não é preciso mais ser nerd e entender de siglas para criar uma página no Facebook ou uma conta no Skype.

Da mesma forma que não é preciso ser muito astuto em informática para configurar o notebook do jeito que se quer ou fazer uma Hangout com seus amigos na internet.

Hoje em dia tem tanta tecnologia disponível que tarefas antes bastante complicadas como criar um website agora são realizadas em pouco tempo, com alguns cliques na tela, sozinho, de graça ou pagando uma quantidade irrisória de dinheiro para isso.

“A necessidade é a mãe da inovação.” ~ Platão

criar-um-site

Como criar um site profissional sozinho e grátis?

Quem me acompanha há mais tempo sabe da minha paixão por WordPress, uma das plataformas de gerenciamento de conteúdo mais usadas em todo o mundo e também a mais completa.

Mas na hora de você criar o seu site profissional ou site da sua empresa, você não quer, evidentemente, ter que aprender a lidar com mais uma nova sigla, certo?

Até pouco tempo atrás eu achava que no futuro todo empreendedor saberia mexer com WordPress, mas atualmente eu já vi tanta ferramenta boa (e gratuita) na internet para facilitar a vida de quem empreende que essa minha tese caiu por terra.

Quando você fala que quer criar um site, é porque provavelmente você precisa vender mais e, se você precisa vender mais, não pode se dar ao luxo de esperar muito tempo para ter mais um canal de contato com os seus clientes prontos.

Foi aí que me encantei com a ferramenta Wix, aplicativo online que permite que se crie um site a partir do zero com poucos cliques em alguns minutos.

E não estou falando daquele site de fundo azul com letras amarelas garrafais normalmente criados pelos sobrinhos do amigo do seu tio não! Estou falando de site profissional, com um design de cair o queixo.

“O maior inimigo da criatividade é o bom senso” ~ Pablo Picasso

Um caso real

Tive a ideia de escrever este artigo, quando minha esposa me perguntou se demorava muito para eu construir um site para o seu trabalho como terapeuta e coach.

Como ela sabe que eu tenho conhecimentos suficientes para montar um site, me convidou para tocar o seu projeto.

Somando as horas que preciso dedicar para minhas empresas, não sobra muito tempo para me dedicar a um projeto fora desse âmbito, principalmente sendo para alguém tão próximo onde os requisitos de qualidade são altíssimos.

Afinal, quem gostaria de brigar com a própria mulher por causa de um site, não é mesmo?

Foi neste momento que eu fui tirar a prova do Wix e convidei a minha mulher para testar a ferramenta que basicamente a conduziu dentro de um sitema que:

  • A fez logar no Wix com o seu Facebook
  • Escolher o tema do seu novo site
  • Editar o tema
  • Colocar o site no ar

Não vou compartilhar o link do site dela por enquanto por aqui porque minha esposa é bastante perfeccionista e eu correria o risco de ter problemas em casa, mas a sensação de vê-la construir o seu próprio site por si só, me fez retornar a época de 1998 onde nada disso cabia dentro do que seria possível.

A ferramenta ainda permite que você assine um plano premium (bem barato) para você utilizar alguns recursos extras, mas já com o básico qualquer um consegue criar um site profissional sozinho em poucos minutos.

Eu sempre buscarei trazer dicas na área de tecnologia para você que acompanha o site.

Logo, se quiser opinar, faça um comentário na caixa logo abaixo ou se quiser receber as atualizações do blog, assine nossa newsletter gratuitamente.

“Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira que eu conheço para evitar a armadilha de pensar que temos algo a perder.” ~ Steve Jobs

Agora é colocar as mãos na obra, criar o seu próprio site de forma profissional com nenhum ou quase nenhum recurso e trabalhar naquilo que você é bom: o seu negócio.

 

Agradecemos pelo interesse em colaborar com o Insistimento para uma audiência superior a 140 mil leitores por mês. Sucesso para os seus projetos! Se você tem um blog, um site, um produto ou um serviço que considera ser do interesse do nosso público, entre em contato para se tornar um colaborador também clicando aqui.

  • neusa

    Olá,
    O que você deixou de fazer, é exatamente o que quero, “aprender a “mexer” com internet”. Procura um passo a passo, algo que possa sozinha criar paginas para a internet, sem a ajuda desses “wix” que encontramos na internet. Uma vez li um passo a passo para criação de site do saudoso XP. Agora tenho o Windows 10. Mas, valeu a dica.