Como está o seu relacionamento com Deus?

Você não acha que nós devíamos nos relacionar com as outras pessoas da mesma forma que os que acreditam em Deus se relacionam com Ele?

Porque quem acredita em Deus, ora, pede e agradece coisas a Ele.

Às vezes os pedidos são atendidos da maneira como o crente deseja, às vezes não.

Quando não são atendidos, dizem que foi a vontade de Deus.

Simples não?

Se nos comportamos assim em relação a Deus porque não podemos nos comportar da mesma maneira em relação ao outro que está do nosso lado?

A gente pede coisas a outra pessoa…

Às vezes os pedidos são atendidos da maneira como desejamos, às vezes não.

Quando não são atendidos, advinha de quem foi a vontade?

Do outro!

A gente sofre muito colocando sobre o outro os nossos desejos que nada tem a ver com a vontade do outro, assim como às vezes fazemos orações que nada tem a ver com a vontade de Deus.

  • Somos egoístas para pedir a Deus que um grande amor volte, enquanto a vontade de Deus é que aprendamos que é possível amar de novo novos amores.
  • Somos egoístas para pedir a Deus que um emprego apareça, enquanto a vontade de Deus é que aprendamos mais sobre resiliência fazendo bicos aqui e acolá.
  • Somos egoístas para pedir a Deus a realização de uma grande obra nas nossas vidas, enquanto a vontade de Deus é que aprendamos a pensar por conta própria e cresçamos sozinhos para moldar melhor o nosso caráter.

Isso tudo acontece também quando nos relacionamos com o outro.

Basta ver o exemplo daquele pai que coloca sobre a filha o desejo dela entrar na igreja com ele no dia do seu casamento.

O pai ama a sua filha de todo o coração, mas quando ela decide não se relacionar afetivamente com um homem ou mesmo não se casar em uma igreja, esse pai levanta uma barreira no seu relacionamento com a filha porque ela não agiu da maneira como ele desejava.

É preciso que reconheçamos que depositar nossos desejos nas atitudes que os outros terão em relação a nós é tolice, nos enfraquece e nos causa tristeza e dor.

Afinal, você ama a sua filha do jeito que ela é ou a sua filha do jeito que você gostaria que ela fosse?

Se ela não faz o que você quer, adivinha de quem foi a vontade?

Lide com isso e não seja mais aquela criança manhosa que bate o pé até obter somente aquilo que ela quer.

Liberte-se das pessoas e liberte-se de você.


Conteúdo extra: baixe o livro Como Investir Começando do Zero e aprenda como funciona o mundo dos investimentos (recomendado para pais e filhos).