Há exatamente uma semana eu estava tendo a minha primeira experiência prática como pai de uma Escola Waldorf.

O dia não era dos melhores para a data, já que coincidia com a minha mudança de residência, mas preferi priorizar essa atividade na escola pela excitação de poder me jogar em algo que nunca havia realizado: a confecção de uma mochila para as crianças do primeiro ano.

Um processo que a maioria dos que estavam ali nunca havia passado e que deixou uma importante lição para a vida.

Foram 13 horas de trabalho com pouco ou quase nenhum intervalo onde cada pai e mãe ajudaram a cortar, montar, colar, furar, costurar e fazer o acabamento final das mochilas.

Todos os pais ajudavam a produzir as mochilas de todas as crianças, logo não tinha como escolher aquela que seria do seu filho ou do outro.

Ler mais

Praticante de jiu jitsu, apaixonado por filosofia, escritor, coach, palestrante e um impulsionador de pessoas. Desde 2008 mantém este projeto no ar para ajudar pessoas a superar seus medos e suas crenças e se tornarem elas mesmas. Saiba mais sobre Marcos Rezende.