Você sempre está por dentro das tendências e sonha em ter peças diferentes e exclusivas ou mesmo viver da produção e venda delas? Pois então você precisa conhecer a faculdade de design de moda.

Esse é o curso de ensino superior voltado à indústria têxtil em geral, que se divide em grandes corporações e em ateliês artesanais. Igualmente, à produção de eventos, bem como ao estudo de como a moda influencia na sociedade.

Dessa maneira, enquadram-se na faculdade de design de moda tanto os alunos mais criativos quanto aqueles que sonham em administrar produções ou eventos grandiosos e cheios de glamour. Continue lendo, então, para conhecer mais sobre esse curso de graduação.

Faculdade de design de moda: Conheça mais sobre o curso

Atividades de uma faculdade de moda

O estudo da moda apareceu no ensino superior, no Brasil, em 1987, no estado de São Paulo. Desde então houve a criação de novos cursos para estudo dessa área e o que mais se destaca atualmente é o de design.

Isso, pois, ele é um dos mais completos. Ao longo do curso, que tem duração de 04 anos, o aluno se depara com diversos conhecimentos. Dentre eles estão a história da moda e as teorias da área. Igualmente, existem núcleos práticos, como a produção e criação.

Por isso, esse é um curso bastante completo. Engana-se quem acredita que a faculdade de design de moda forma apenas estilistas. Em verdade, seus alunos se preparam tanto para o senso estético quanto para a administração na área.

Portanto, o curso inclui a parte estética ao mesmo tempo em que abarca a parte de gestão e, também, operacional. Para tudo isso, existem aulas com formação técnica em modelagem e costura, bem como a formação ética junto à aplicação da teoria no dia a dia.

Veja as bases da faculdade de design de moda

Projetos de uma faculdade de moda e design

Essa faculdade atrai anualmente muitos estudantes que buscam se expressar por meio da moda. Dessa maneira, a criatividade corre solta e os alunos se deparam com formas de como colocá-la em prática.

Para isso, não estudam apenas formas de criações de peças. Também aprendem como elas impactarão na sociedade e no meio ambiente, eis que a questão da sustentabilidade é, atualmente, crucial.

Igualmente, o curso não deixa de apresentar disciplinas para que o profissional se torne capaz de analisar outras criações de maneira crítica, bem como de organizar espaços de divulgação e eventos de lançamentos de coleção.

Uma vez que os cursos da faculdade de moda variam de acordo com a instituição, nós optamos por apresentar as bases dessa graduação. Dessa maneira, independentemente do nome que cada universidade dê às disciplinas, saiba que elas abarcarão os itens abaixo.

História e teoria

Primeiramente, conforme já citamos acima, a faculdade de moda não se volta apenas à criação das peças, mas também ao estudo sobre o desenvolvimento da moda. Da mesma maneira, a prática de criação depende em muito da teoria.

Com isso, há o estudo de como a moda influenciou sociedades, bem como os costumes sociais influenciaram a própria moda. Assim, é possível conhecer sobre a história dela e como ela é importante em cada época e sociedade.

Igualmente, a teoria inclui desde o estudo de materiais até os pensadores da moda e como eles definiram as atividades e o papel dela para o mundo.

Gestão em moda

Outro dos pilares da faculdade de design de moda é a gestão. Aqui estamos nos referindo à possibilidade de gerir negócios de moda, como empresas de desfile a grandes e pequenas produções têxteis.

Por isso, o aluno se depara ao longo do curso com noções de administração e, também, marketing voltado à moda.

Desenvolvimento de produtos de moda

O desenvolvimento de produtos de moda é outra base muito importante da faculdade de design de moda. Ela envolve a prática, em si, pois se volta à produção têxtil, à modelagem e ao mercado de moda.

O aluno se depara, assim, com aulas práticas que envolvem o trabalho com tecidos, a costura e a coordenação dos esforços para que o produto final seja possível.

Criação

O quarto pilar da faculdade de design de moda que apresentamos para você diz respeito à criação. Dessa maneira, volta-se realmente à prática do estilismo, que corresponde ao desenho de acessórios, peças de roupas e calçados.

Novamente aqui cabem as aulas práticas não apenas de desenho, mas também de costura e modelagem. O aluno também aprende sobre materiais e o seu uso.

Comunicação, produção, editoria e crítica

Por fim, o último pilar da faculdade de design de moda se refere à comunicação, editoria e crítica. Você provavelmente já assistiu ao clássico “O Diabo Veste Prada”. Pois bem, ali há o retrato (bastante exagerado, é claro) de uma edição de moda.

O papel, aqui, é analisar criações alheias, bem como imprimir críticas positivas ou negativas delas. Esse é um processo que ajuda na divulgação ao mesmo tempo em que pode reconhecer novos talentos e auxiliar ou não na carreira de um estilista.

Por fim, vale lembrar que aqui estão os editoriais que auxiliam a marcar a moda de cada tempo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *