skip to Main Content

O que é um ser iluminado? É um ser sem amarras em total liberdade. Mas o que é um ser em liberdade? É um ser que sabe o que precisa ser feito e faz o que tem que ser feito independente da opinião alheia ou de qualquer circunstância exterior a ele. E o que é saber o que precisa ser feito? É sentir o seu próprio coração falar o que precisa ser feito e fazer. Mas qual é o princípio disto tudo? A decisão, porque por mais que sintamos ou pensemos o que precisamos fazer, sem decisão nada é executado. Nem sequer um problema acaba se não decidirmos que ele não acaba. Portanto, é hora de decidir se libertar.

DÊ UM BOOT NA SUA MENTE
Da próxima vez que você pensar em algum limitador da sua vida, compreenda que esse limitador é externo a você e que provavelmente é uma ilusão do que as tuas próprias crenças pensam acerca do mundo. Resete a sua mente e decida-se não ter mais um limitador. A maioria de nós perambulamos pelas ruas olhando em volta o que está errado ou certo. Nos esquecendo que cada olhar contém um preconceito, um limitador. É preciso dar um boot na nossa mente para se ajustar.

Se um problema chega a tua vida, como a morte de um ente querido ou a falta de dinheiro constante, você pode decidir que aquele problema acabará e ele realmente acabará. Você pode matá-lo dentro da sua mente e tê-lo somente como uma lembrança da época em que você tinha limites. Duma época em que você não tinha se iluminado. Seu ente querido não voltará à vida e sua conta bancária não receberá dinheiro automaticamente, mas você decidirá que aquilo é uma situação que a vida lhe trouxe e que você precisa aprender a lidar com ela. Neste ponto temos duas opções: ou ficamos no túmulo chorando as mágoas da pessoa que perdemos ou olhamos para frente pensando nos amigos e pessoas queridas que ainda estão do nosso lado. Ou ficamos parados olhando o extrato bancário mostrar sinais da nossa falência ou olhamos para frente pensando nas milhões de possibilidades que o mundo nos dá e que não estamos enxergando para ganhar mais dinheiro.

ILUMINE-SE OU SE ENTREGUE
Não desista da sua vida só porque você possui um problema. A maioria dos nossos problemas são ilusões que nós mesmos criamos para sofrer sempre um pouquinho mais a cada dia. Ilumine-se e decida por enxergar um mundo melhor à sua volta. Se você está descontente com algo na sua casa, melhore algo para criar o hábito de sempre estar melhorando algo seu a todo momento. Procrastinar é a pior atitude que podemos ter. É uma atitude que não nos move para frente e nos deixa amarrados a essas ilusões. Ilumine-se e corra para a sua vida.

Se você mora em um lugar muito triste, traga o verde para a sua casa, arrume o seu quarto, decida-se não viver mais daquela maneira. Procure outro lugar para morar e esqueça a parte do dinheiro, pois se você começar a procurar as coisas, elas começam a surgir à sua frente.

Quando morava no Rio de Janeiro, muitas das vezes tinha que me abaixar dentro do meu próprio quarto porque lá fora estava tendo tiroteio entre polícia e bandido. Eu achava e ainda acho isso um absurdo! Foi por isso que na primeira oportunidade que tive resolvi me mudar. Tomei muita cacetada e não foi fácil, mas a paz interior de estar em um ambiente onde finalmente eu gostava era regozijante. Pense nisso, decida isso e mude a ilusão que você vive para uma melhor.

Fale menos, escute mais, leia bons livros, imite boas acões, cultive o otimismo, ilumine a escuridão, deseje o bem para todos, alegre-se com o êxito dos outros, dê o melhor de si e evite os excessos. Decida se iluminar.

Marcos Rezende

Orientador de produção textual na Mentoria da Palavra, graduando em Filosofia na UFPR com concentração em Lógica e Filosofia da Linguagem, desenvolvedor de sites em WordPress na Agência G13 e faixa roxa de jiu-jitsu brasileiro pela equipe Atos Loyalty Curitiba.

Compartilhar13
Twittar
Pin
+1
Compartilhar
13 Compart.
Back To Top