Como o PDV pode maximizar a venda de um produto?

Você já ouviu falar no PDV (ponto de vendas)? Se sim, pode ser que esteja curioso para saber como ele funciona na prática. Se por outro lado, você ainda não sabe o que é isso, eu te explico.

Veja agora mesmo tudo o que você precisa saber sobre o assunto!

O que é PDV?

o que é pdv

Um PDV (Ponto de vendas) é um local especificamente organizado para receber uma audiência e oferecer-lhe uma oferta de bens e/ou serviços. Isso para alcançar, nas melhores condições, todas as operações promocionais e vendas associadas.

A evolução das práticas obriga hoje a ter um conceito ampliado do ponto de venda. Além dos pontos de venda do negócio clássico, hoje também fazem parte dos pontos de venda:

  • locais importantes, como redes de agências bancárias, companhias de seguros, operadoras de telefonia, estações de trem etc.
  • lugares virtuais, como sites on-line gerenciados por operadores comerciais ou produtores que desejam desenvolver relacionamentos diretos com seus clientes.
  • não ignorar a existência de comércio não-sedentário e a crescente importância das práticas comerciais:
  • na ausência de um ponto de venda: vendas diretas, venda por correspondência, mala direta, e-commerce etc.

O objetivo do PDV: fazer você querer comprar

publicidade no ponto de venda

Obviamente, o objetivo é comprar os produtos, mas despertar diferentes emoções no consumidor.

Por exemplo, a localização na entrada da loja de uma promoção ou um novo produto proporciona uma melhor visibilidade. A compra é sugerida ao consumidor.

Da mesma forma, ao ir às prateleiras, o consumidor tem acesso a vários produtos e ao vê-los, ele lembra que não tem mais em casa ou que os viu em um anúncio. A compra é lembrada ao consumidor.

O PDV também deve facilitar a compra já programada pelo consumidor, onde ele escreve sua lista de compras.

Os 5 aspectos essenciais que farão o PDV maximizar a venda de seus produtos são:

1.   A vitrine

É a primeira coisa que um consumidor vê sobre o que você vende e como você o vende. Você deve selecionar os produtos destacados na janela com cuidado, bem como a escolha de cores e luz.

Uma vitrine colorida ou arranjada com bom gosto dará mais vontade de atravessar a porta, ao invés de uma vitrine monótona.

Por exemplo, se você tem costume de andar pelos shoppings, deve ter notado que a fachada de quase todas as lojas é de vidro. Isso porque seus produtos ficam melhor expostos por lá.

2.   O layout da sua loja

layout do pdvO cliente deve poder andar em corredores limpos e permitir que ele acesse facilmente os produtos.

Ele deve ser capaz de se encontrar em diferentes departamentos e não ter que procurar sua caixa de biscoitos por horas. A organização da loja deve seguir uma certa lógica.

Assim, os compradores que vão às compras sabem que as bebidas estão no fundo da loja e os produtos congelados no meio.

Da mesma forma, para as lojas de roupas, elas são organizadas, seja por tema de cores ou por sazonalidade.

A localização das prateleiras deve permanecer a mesma para evitar interromper a jornada do consumidor. Também é estudado de acordo com o circuito típico de um consumidor.

Promoções ou eventos (Natal, férias de verão) são mais maleáveis ​​do que os produtos recorrentes.

3.   O sortimento do produto

No PDV, o cliente precisa de 5 atribuições:

  • O produto certo
  • No lugar certo
  • Na hora certa
  • Pelo preço certo
  • Em boa quantidade

De fato, o PDV deve combinar os interesses dos vários protagonistas que são: o distribuidor, o fornecedor e o cliente.

Todas as marcas querem estar localizadas ao nível dos olhos ou ocupar tanto espaço quanto possível para esconder os concorrentes. As marcas sabem que 80% dos clientes são mulheres e, portanto, a implantação máxima não deve exceder 1,75 m.

Agora, a variedade de prateleiras é fixada pelo distribuidor. É aqui que entram negociações comerciais entre fornecedores e distribuidores. Estes últimos tendem a favorecer as marcas distribuidoras nas quais têm mais margem.

Também pode haver abusos por parte do distribuidor que faz concorrência entre as marcas.

4.   A atmosfera

O consumidor deve se sentir bem quando está no ponto de venda. Isso é chamado de marketing sensorial, o que significa que seus 5 sentidos são despertados para encorajá-lo a comprar.

Quando sabemos que a visão é o significado mais procurado no consumidor, as cores da loja não são escolhidas aleatoriamente.

Por exemplo, meninos gostam de coisas coloridas e tematizadas, como um sapato do Homem-Aranha ou do Batman, enquanto o homem adulto prefere um sapato mais estilo surfista ou social!

5.   O promotor de vendas

Todo PDV que se preze precisa de um bom promotor de vendas. Mas o que ele faz exatamente?

Ele é responsável por promover e aumentar o desempenho de sua marca e do produto que ele representa.

Os promotores de vendas são peças chaves no PDV, afinal de contas eles incitam o visitante a experimentara o seu produto, o que possivelmente não aconteceria sem o auxílio do promotor.

Mas para isso acontecer de maneira eficiente, será necessário que ele encontre algumas maneiras de oferecer mercadoria ao seu consumidor, sendo estas cada vez mais atrativas e eficazes.

Entre as suas tarefas principais do promotor, podemos citar:

  • Estoque e reposição
  • Atendimento e dúvidas técnicas
  • Vendas

Mas atenção, não basta contratar aquele seu amigo que está sem fazer o dia todo e pedir pra que ele seja o seu promotor.

O ideal é que você conte com o suporte de uma agência de eventos.

Segundo uma especialista no assunto, “O mais importante na escolha de um promotor para um PDV é se ele sabe o que deve ser feito, como lidar com as pessoas, como apresentar os produtos, e principalmente, estudar o produto, afinal é muito comum as pessoas terem dúvidas antes de provarem algo novo.” Afirma Michelle Honorato, CEO da Way Promoções e Eventos, uma agência de eventos em Brasília com forte know-how no assunto.

6.   Publicidade no ponto de venda

 

PDV é usar diferentes meios de comunicação para promover produtos:

  • cartazes
  • arquibancadas
  • suporte
  • Telas de TV
  • Ecrãs tácteis

Essas coisas atraem e convertem qualquer pessoa e um PDV, aumentando e muito as vendas do seu produto.

Por isso, não deixe de pensar nele como uma estratégia, e tenho certeza que você verá suas vendas aumentarem de uma maneira estrondosa.

Gostaram do artigo? Então deixe logo abaixo seu comentário!

 

Deixe um comentário